16.2C
Euclides da Cunha, BRASIL
quarta-feira, 5 de agosto de 2020
Euclidense
Euclides da Cunha

História da Cidade de Euclides da Cunha

História da Cidade de Euclides da Cunha

História da Cidade de Euclides da Cunha

  • História da Cidade de Euclides da Cunha
  • e História da Cidade de Euclides da Cunha
A História da Cidade de Euclides da Cunha
Bandeira da Cidade de Euclides da Cunha, BA – A História de Euclides da Cunha

Euclides da Cunha

Euclides da Cunha, é um município brasileiro do estado da Bahia. A Cidade de Euclides da Cunha, localiza-se a uma latitude 10º30’27” sul e a uma longitude 39º00’57” oeste, estando a uma altitude de 472 metros. Sua população de acordo com a estimativa populacional de 2016 é de 61.618 mil habitantes e Possui uma área de 2.028,421 km².

Municípios limítrofes: Monte Santo, Novo Triunfo, Quijingue, Cansanção, Cícero Dantas, Jeremoabo, Canudos e Banzaê.

Joaquim de Santana Lima
Ex-residência de Joaquim de Santana Lima em Euclides da Cunha, BA – A História de Euclides da Cunha

História

Os primeiros habitantes da região foram os índios caimbés, da tribo dos Tupiniquins. Foi desbravado por colonos vindos de regiões circunvizinhas, sobretudo de Monte Santo e Tucano, que se fixaram com suas famílias e dedicaram-se à lavoura e à criação de gado; até hoje bases da economia municipal. O povoamento se iniciou na Fazenda Cumbe do Major, de propriedade de Major Antonino, primeiro explorador das terras do município. Os padres jesuítas, em missão de catequese pelo sertão, construíram, no local da atual vila de Massacará, uma capela, ainda de pé, e um convento, destruído pelos próprios quando foram expulsos do Brasil.

Igreja Matriz de Euclides da Cunha, BA
História da Cidade de Euclides da Cunha – Euclides da Cunha, Igreja Matriz da cidade

Formação Administrativa de Euclides da Cunha

Euclides da Cunha - Foto: Ilustrativa, Wikipédia
História da Cidade de Euclides da Cunha – Euclides da Cunha – Foto: Ilustrativa, Wikipédia

Com a chegada de mais colonos, a fazenda Cumbe experimentou considerável surto de progresso, evidenciado em construções, sendo elevada em 1881 à Freguesia de Nossa Senhora do Cumbe, um distrito de Monte Santo. No ano de 1888 foi construída uma capela subordinada a de Massacará, sob a invocação de Nossa Senhora da Conceição, pelo padre Vicente Sabino dos Santos.

A fazenda foi elevada à categoria de vila no ano de 1898 como território desmembrado de Monte Santo. Em 1911 foi constituída do distrito-sede (município). Vinte anos depois, em 1931, Vila do Cumbe, ainda como distrito-sede, foi extinta e a sua área foi reanexada ao município de Monte Santo. Em 19 de setembro de 1933, o território foi emancipado, elevado novamente à categoria de município, constituído de dois distritos: Cumbe (a sede) e Canudos; e, por iniciativa do escritor José Aras, como homenagem ao escritor de “Os Sertões”, a cidade passou a ser chamada de Euclides da Cunha, porém, este feito só foi oficializado no ano de 1938.

Em 1953 foi criado e anexado ao município o distrito de Massacará (ex-povoado). Na divisão territorial datada de 1960, a cidade tinha três distritos: Euclides da Cunha (sede), Canudos e Massacará. Em 1985, Canudos foi desmembrado de Euclides da Cunha e elevado a município. No mesmo ano foram criados e anexados os distritos de Caimbé e Aribicé, ex-povoados. Na divisão territorial de 1995, igualmente na de 2007, o município tinha quatro distritos: Euclides da Cunha (sede), Aribicé, Caimbé e Massacará.

Prefeitura de Euclides da Cunha- Foto: Aldemi Oliveira
A História de Euclides da Cunha – Prefeitura de Euclides da Cunha- Foto: Aldemi Oliveira

Administração pública

História da Cidade de Euclides da Cunha
Câmara dos Vereadores – Euclides da Cunha, BA – Foto: Aldemir Oliveira

Até o ano de 1930, quando surgiu a figura do prefeito no Brasil, os municípios eram governados por intendentes. Euclides da Cunha, ainda mesmo uma vila (distrito-sede), chamada de Cumbe ou Vila do Cumbe, teve dez intendentes; foram eles: Antônio Francisco Reis (Major Antonino); Coronel Ascênio Guimarães (por 3 vezes); Capitão Dantas (Francisco da Silva Dantas); Joaquim de Carvalho Lima; Benevides Dias Moreira; Potâmio Américo de Souza; Luís Ferreira Nascimento (o Sr. Lua); José Esteves de Abreu; Galdino Alves de Souza; Joaquim de Santana Lima (eleito em 1924).

Em 1931, com a extinção da vila, o território foi reintegrado ao município de Monte Santo. Dois anos depois, em 19 de setembro de 1933, definitivamente, Cumbe foi emancipado, realizando no ano seguinte uma eleição direta, com a participação feminina (assegurada no Brasil desde 1932), que elegeu o Sr. Joaquim Santana Lima como o seu primeiro prefeito. Procurando administrar bem a cidade, Joaquim construiu a primeira prefeitura, onde hoje funciona a Biblioteca Municipal, contratou professores para alfabetização de crianças e colocou nas principais ruas postes de iluminação a carbureto. Em 1937, devido ao golpe dado por Getúlio Vargas que instituiu no país o Estado Novo, Joaquim Santana Lima deixou o cargo.

História da Cidade de Euclides da Cunha

A História de Euclides da Cunha- Painel – Praça Duque de Caxias, Euclides da Cunha, BA – Foto Aldemi Oliveira

Prefeitos após o fim do Estado Novo

Com o fim do Estado Novo em 1945 no Brasil, Euclides da Cunha voltou a desfrutar da plena democracia com eleições para prefeito e a instalação da Câmara de Vereadores. Para Prefeitura foi eleito com voto direto o Sr. Antônio Batista de Carvalho e, para Câmara de Vereadores, Joaquim Santana Lima, Raimundo Dantas Lima, Álvaro Santos, Joaquim Matias, Teago Ferreira de Carvalho e José Camerino de Abreu.

Vista parcial de Euclides da Cunha, BA - Foto: Aldemi Oliveira
A História de Euclides da Cunha – Vista parcial de Euclides da Cunha, BA – Foto: Aldemi Oliveira

Lista de Prefeitos 

Joaquim Santana Lima, 1936 a 1937
Antônio Batista de Carvalho, 1947 a 1951;
José Camerino de Abreu, 1951 a 1955;
Antônio Batista de Carvalho, 1955 a 1959;
José Bezerra Neto, 1959 a 1963;
Antônio Batista de Carvalho, 1963 a 1967;
Joaquim Silva Dantas, 1967 a 1971;
Antenor Dantas de Andrade, 1971 a 1973;
Enock Canário de Araújo, 1973 a 1977;
Juviniano Gomes dos Santos, 1977 a 1983;
José Renato Abreu de Campos, 1983 a 1988;
José Nunes Soares, 1989 a 1992;
José Raimundo Moura da Costa, 1993 a 1996
Atayde José da Silva, 1997 a 2000;
José Renato Abreu de Campos, 2001 a 2004;
Rosângela Lemos Maia de Abreu, 2005 a 2008;
Maria de Fátima Nunes Soares, desde 2009.

História da Cidade de Euclides da Cunha – Personalidades históricas 

Joaquim Santana Lima, 1° Prefeito EuclidenseFrancisco da Silva Dantas - Capitão DantasNilzete Dantas Moura, Criadora da Bandeira EuclidenseAntonio Francisco dos Reis- Major AntoninoProfessora Erotildes - 1ª Professora de CumbeJosé Dantas (Zé Dantas)José Soares Ferreira Aras - Escritor

Divulgação: Museudocumbe, Wikipédia, IBGE, Google

História da Cidade de Euclides da Cunha

História da Cidade de Euclides da Cunha

1 – História da Cidade de Euclides da Cunha

2 – História da Cidade de Euclides da Cunha

Posts relacionados

Carregando...
O maior e mais completo portal de notícias da região, leva a você as principais notícias do Brasil e do Mundo.